Após infartar em campo, morre Luisinho Lemos, técnico do América

Morreu na manhã deste domingo, aos 66 anos, Luisinho Lemos, técnico do América. O comandante do time rubro estava internado desde a tarde do último sábado, 25, após passar mal em um jogo da Série B1.

Na ocasião, o América venceu o Nova Cidade por 3 a 0 durante a abertura do Campeonato Carioca. O jogo aconteceu no acanhado estádio Joaquim de Almeida Lopes, em Nilópolis. Não havia ambulância no momento em que Luisinho passou mal. O veículo chegou minutos depois e o jogo foi paralisado, sendo retomado após todo o atendimento.

O treinador foi levado para o hospital Jucelino Kubitschek, em Nilópolis, e seu quadro clínico vinha evoluindo positivamente nos últimos dias. Ao longo da semana, ele foi transferido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, onde acabou falecendo na manhã deste domingo.

Luisinho estava há duas temporadas como treinador do América. Como jogador, vestiu a camisa de Flamengo, Botafogo e no próprio América. Ele era o maior artilheiro da história do clube, com 311 gols marcados.