Prefeitura do Rio vai à justiça e pede para que parte do quadro da Comlurb não entre em greve

Os garis da Comlurb estão de greve. Os profissionais iniciaram uma paralisação nesta segunda-feira, 22 de abril, exigindo um reajuste salarial de 10% e aumento no vale-refeição. A Prefeitura ofereceu um aumento de 3,73%.

Entretanto, visando manter a ordem pública, a Prefeitura do Rio foi à justiça solicitar que pelo menos 60% do quadro permaneça trabalhando nas ruas da cidade. A expectativa é que 9 mil garis continuem nas atividades.

A Comlurb já foi notificada e já há profissionais trabalhando no recolhimento da coleta de lixo, atendendo à ordem judicial. Ainda assim, outra parte da categoria segue correndo atrás dos direitos nas coordenadorias locais da empresa.

Advertisement