Empresária nega que Claudia Rodrigues tenha deixado a clínica São Vicente por conta do uso do canabidiol

A empresária Adriana Bonato, que cuida da carreira de Claudia Rodrigues, nega que a atriz tenha sido transferida da Clínica São Vicente para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, por conta do uso do canabidiol, a maconha medicinal.

A notícia começou a ser veiculada na tarde desta segunda-feira, 25. Adriana procurou o programa ‘A Tarde É Sua’, da RedeTV, para negar, de maneira oficial, que este seja o motivo da transferência. Também aproveitou para esclarecer que não houve uma discordância da equipe do hospital carioca sobre o uso do canabidiol.

A transferência ocorreu para que Claudia possa ter uma estrutura maior à sua disposição – ela já esteve internada no Einstein, no ano passado. O helicóptero que fez a remoção da atriz do Rio para SP foi pago pela TV Globo, que judicialmente foi obrigada a recontratá-la, em novembro de 2018.

Advertisement