Manifestantes se reúnem na porta do Extra da Barra em reivindicação sobre jovem negro morto por segurança. Vídeo!

Manifestantes estiveram presentes na tarde deste domingo (17) para reivindicarem atitudes do Supermercados Extra, após a morte de Pedro Gonzada, de apenas 19 anos. O rapaz foi sufocado por um segurança da rede, apesar dos inúmeros pedidos dos clientes que estavam à sua volta.

O mercado ficou fechado durante o ato, ocorrido agora há pouco. A expectativa é que entre 200 e 300 pessoas estiveram presentes e ficaram na área de estacionamento. Um carro de som foi utilizado onde gritavam frases de ordem pedindo o fim do racismo. Faixas também foram levadas.

No fim, outros crimes que chocaram a sociedade carioca foram lembrados. O jornalista Adalberto Neto esteve no local e fez o registro deste momento.

Imagem: