Em 2015, Eduardo Paes anunciou “super chuva” que não aconteceu. A Internet não perdoou…

Não chega a ser uma novidade para os cariocas a expectativa por uma “super chuva” na cidade. Eduardo Paes e Marcelo Crivella sabem bem disso. Essa semana, a Prefeitura do Rio fez o alerta sobre a possibilidade de grande volume de água na terça (12) e quarta (13).

Felizmente, tudo ficou só na base do alarde. A quantidade de chuva que caiu pela região não foi suficiente para justificar, por exemplo, a suspensão das aulas na rede municipal ou a sugestão de adiamento da partida entre Vasco x Resende, no Maracanã.

Em 2015, Eduardo Paes usou método parecido com o utilizado por Crivella. No dia 5 de fevereiro de 2015, os meteorologistas previam que uma “superchuva” aconteceria no Rio.

Paes fez diversas orientações e chegou a reunir a imprensa no Centro de Operações da Prefeitura para anunciar o planejamento. Também gerou certo susto e medo entre os cariocas.

Assim como ontem (13), a chuvarada prevista também não aconteceu. O tempo chegou a fechar, mas não caiu uma gota d’água do céu nos bairros do Rio.

O alarde foi motivo de piada entre os cariocas. Na ocasião, o Prefeito disse que fez a parte dele em avisar…

Ele está certo. Pena que a atual e a antiga administração municipal se esquecem de planejar quando a coisa vem forte de verdade, matando e desabrigando pessoas.

Advertisement