Afirmando que estão sem salários, profissionais do ‘Jornal do Brasil’ entram em greve

Circula por grupos do WhatsApp no Rio, uma carta enviada pelo Sindicato dos Jornalistas aos responsáveis pelo ‘Jornal do Brasil’. Na mensagem, a informação é que os profissionais estão em greve por não terem recebido os salários de dezembro de 2018 e janeiro de 2019. A convenção coletiva definida pelo órgão patronal, até o momento, também não estaria sendo cumprida. A carta foi enviada ao vice-presidente editorial, Gilberto Menezes Cortes e até o momento não teve resposta. O ‘JB’ voltou a circular nas bancas há exato um ano.

Confira o conteúdo da carta, que tem o timbre do Sindicato dos Jornalistas, na íntegra.

Prezado Senhor, 

Os jornalistas do Jornal do Brasil, reunidos nesta data em assembleia na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do rio de Janeiro, deliberaram iniciar o Estado de Greve, tendo em vista o atraso do pagamento dos salários dos meses de dezembro de 2018 e janeiro de 2019 e o não cumprimento da Convenção Coletiva 2019, celebrada entre este Sindicato e o Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Município do Rio de Janeiro.

Na mencionada assembleia ficou decidido ainda que os trabalhadores aguardarão até o próximo dia 11 de fevereiro, às 18 horas, o pagamento integral dos salários atrasados e o cumprimento da Convenção Coletiva 2018. Caso a empresa não cumpra as deliberações da assembleia, os jornalistas irão realizar uma paralisação de 12 horas.

Na expectativa de que essas decisões possam ser encaminhadas da melhor forma possível, atendendo aos interesses, tanto dos jornalistas, quanto da empresa que nela trabalham, colocamo-nos às disposição para quaisquer tratativas que se fizerem necessárias“.

Imagem: WhatsApp / Página Eu Rio

Advertisement