Após polêmica, Nego do Borel recebe cartilha de comunicação LGBTI+

A relação entre Nego do Borel e o público LGBT ficou estremecida após o cantor fazer comentários transfóbicos contra Luisa Marilac. A influencer chegou a cobrar de Nego um acordo, que, segundo ela, foi feito com a equipe do cantor: ajudar uma instituição ligada à causa gay.  O vídeo foi apagado do Youtube no dia seguinte, após a cobrança dividir a opinião pública.

A exclusão do conteúdo foi uma sinalização de que Nego cumpriria o que havia prometido. Nessa sexta-feira, 1 de março, os dois foram vistos conversando em um restaurante de um hotel famoso no Rio de Janeiro.

No mesmo dia, Nego se encontrou com o ativista Agripino Magalhães e recebeu uma cartilha de comunicação sobre a causa LGBTI+. O funkeiro aproveitou a oportunidade para conhecer a Casa Florescer, em São Paulo, que acolhe transexuais e travestis.