Aos 42 anos, morre o ator Caio Junqueira

Uma semana após sofrer um grave acidente na avenida Infante Dom Henrique, no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio, o ator Caio Junqueira não resisitiu  e faleceu na manhã desta quarta-feira, 23.

A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura do Rio. As imagens de câmaras próximas localizadas no Aterro mostram Caio vindo em alta velocidade em uma das grandes curvas da pista, em seguida bate no meio fio e capota.

Durante os sete dias de internação, o ator foi submetido a uma cirurgia no braço por conta de uma fratura exposta. Uma segunda cirurgia aconteceria nesta quarta-feira, 23. Entretanto, uma febre alta fez com que o corpo médico decidisse adiar. Na segunda-feira, 21, Caio teve uma leve melhora, mas continuava em estado grave.

Aos 42 anos, Fábio tinha mais de três décadas dedicadas ao trabalho de ator. Seu maior destaque foi nos cinemas, como o Neto, de ‘Tropa de Elite’. Trabalhou ainda em outros 15 longas.

Na Globo atuou em ‘Desejo’, ‘Barriga de Aluguel’, ‘A viagem’, ‘Engraçadinha’, ‘Hilda Furacão’, Chiquinha Gonzaga,’, O Clone’ e ‘Um só Coração’. Na Record TV atuou em outros sucessos, onde interpretou Robson, em’Conselho Tutelar’. Recentemente fez Henrique Villa Verde, em ‘O Mecanismo, na Netflix.

Advertisement