Pezão foi convidado para ser consultor de Wilson Witzel, diz colunista

Apesar de se mostrar como uma “novidade” durante o período eleitoral em 2018, Wilson Witzel foi buscar ajuda em quem já estava no poder do estado há 12 anos.

Segundo informações da coluna de Ancelmo Gois, em ‘O Globo’, o futuro governador do Rio de Janeiro havia pedido a Pezão para participar de sua gestão como uma espécie de consultor.

O convite teria acontecido, conforme diz a nota do jornal, antes de Pezão ter sido preso na operação ‘Boca de Lobo’, em 29 de novembro.

Agradecido, o ainda governador disse que não tinha interesse, já que pensava em deixar de vez a política.

É cada uma que contam que não dá nem para acreditar!