Em nota, Riotur confirma que negocia com a 99 Táxi

Após a desistência da Uber em patrocinar o carnaval do Rio, representantes da Riotur se movimentam para encontrar novos patrocinadores que possam ajudar a garantir a festa. A 99 Táxi, maior concorrente da Uber, é a candidata da vez.

O aplicativo de táxis e caronas está negociando com a Riotur. O órgão confirmou que realizou uma reunião com membros da empresa, mas ainda não há nada garantido.

Confira na íntegra a nota da Riotur divulgada nesta sexta-feira (7), onde também confirma o pagamento de R$ 500 mil as escolas do grupo especial. As escolas esperavam R$ 1 milhão, prometidos inicialmente com o dinheiro que viria da Uber.

NOTA DA RIOTUR – PATROCÍNIO DO CARNAVAL

As conversas realizadas entre a prefeitura e os representantes das escolas do grupo especial previam um aporte de R$ 1 milhão para cada agremiação. Os recursos que viabilizariam a subvenção seriam divididos entre a municipalidade (R$ 500 mil) e o patrocínio da Uber captado pela Riotur (R$ 500 mil).

Ao longo dos últimos sete meses, ocorreram reuniões com a Uber, que firmou um contrato com a Riotur que, como noticiado na semana passada, foi rescindido por ordem do setor de compliance da matriz americana em virtude da operação Furna da Onça, que acarretou a prisão de Chiquinho da Mangueira, deputado estadual e presidente de uma das agremiações do grupo especial.

Cabe ressaltar que a prefeitura realiza a cessão do Sambódromo, bem como de serviços de iluminação, ordenamento público e limpeza, entre outros, para a realização dos desfiles, com todos os custos cobertos pelo município.

A Riotur ainda segue dialogando com diversas empresas, tendo realizado ontem uma reunião com a empresa 99, para complementar o aporte para as escolas do grupo especial.