Prefeitura do Rio nega patrocínio à festa de Iemanjá

A 14ª edição do Barco de Iemanjá, tradicional evento de fim de ano da cultura afro, não terá, mais uma vez, a ajuda da Prefeitura do Rio. As informações são da coluna de Ancelmo Gois, de ‘O Globo’.

Desde que Marcelo Crivella assumiu o cargo executivo, a prefeitura deixou de colaborar com a ação cultural. Mesmo sem o dinheiro, a procissão vai sair. A Congregação Espírita Umbandista está fazendo uma vaquinha para garantir o rito espiritual.

Ao ‘O Globo’, a presidente da congregação disse estar extremamente decepcionada com o tratamento desrespeitoso com o patrimônio imaterial da cidade. A procissão acontece no dia 29 de dezembro, saindo do Estácio rumo à Copacabana.