Direção de “A Fazenda” pune o público do programa

Por essa ninguém esperava. Após Marcos Mion insistir por dois dias, na última quarta (31) e quinta (1), para que o público escolhesse o Poder da Chama, a direção teve que cancelar a escolha vitoriosa no R7 em cima da hora.

Na edição desta segunda-feira (5), Caique Aguiar, que detinha o poder, repassou a escolha feita pelos internautas para Fernanda Lacerda, a Mendigata. Por decisão de quem votou em casa, Fernanda teria que trocar um peão da equipe Água por um da equipe Fogo.

Como regra do programa, o dono da chama recebe os poderes e repassa ao competidor sem dizer absolutamente nada. A leitura só pode acontecer com autorização do apresentador Marcos Mion.

Caíque acabou dando com a língua nos dentes e soprou um nome para Mendigata. A ex-panicat até tentou consertar a situação, mas piorou tudo: “Ele só me disse um nome, Mion”, entregou sem querer o peão.

Em vez de punir severamente Caíque, a produção, que reviu as imagens, optou em apenas cancelar o poder dado a Fernanda.

Ou seja, quem acabou punido foi o público do programa, que fica votando em maratona e gerando cliques no R7.

Vale lembrar que Caíque detinha um segundo poder: o azul, cujo é definido pela produção. Nele continha imunidade aos votos da sede. Entretanto, a direção decidiu manter o bônus conquistado.

Pelas redes sociais, os internautas ficaram revoltados por não terem conseguido mexer no jogo.

Prometida como a Fazenda mais conectada de todas, desta vez, a cúpula da Record TV ficou devendo à grande audiência reconquistada nesta edição. Por vezes, o reality tem conseguido a liderança no Ibope.