Tensão no Carnaval: ensaios na Sapucaí estão ameaçados. Entenda os bastidores

A polêmica sobre o repasse de verbas da Prefeitura do Rio para o Carnaval ainda promete dar muito pano pra manda.

Ontem, o Audiência Carioca repicou a polêmica que envolve o silêncio envolvendo o prefeito Marcelo Crivella, que até o momento vem faltando aos encontros marcados com os líderes das agremiações para tratar do assunto.

A Liesa tenta reunir outras fontes de arrecadação. A Uber, uma das patrocinadoras do Carnaval do Rio neste ano, ainda não fechou negócio.

Este contrato é visto como fundamental na tentativa de realizar os ensaios técnicos na Sapucaí antes dos desfiles. Tal preparação não ocorreu em 2018.

A Liesa ainda trabalha em seu calendário com a possibilidade de fazer os ensaios, entretanto, ainda depende das verbas para custear toda a estrutura.

O único dinheiro que já bateu na conta das escolas de samba vem dos direitos de televisão. A TV Globo, emissora oficial do Carnaval do Rio, já quitou as cotas destinadas ao evento.

A previsão inicial é que a Prefeitura quite nos próximos dias a primeira parte da cota acertada com as agremiações.

Nos bastidores do Carnaval muita gente anda arrependida por ter apoiado Marcelo Crivella na disputa diante de Marcelo Freixo. Os dois disputaram a prefeitura em 2016. Cai o pano!

Advertisement