Prefeitura do Rio ainda não pagou as verbas das escolas de samba

Há menos de cinco meses dos desfiles, um impasse vem marcando, mais uma vez, os presidentes das escolas de samba e a Prefeitura do Rio.

Atendendo a um planejamento prévio, como de praxe, as verbas das agremiações são repassadas com antecedência para que as equipes possam se organizar e promover todo o aparato necessário em materiais e estrutura.

Entretanto, até a presente data, a Prefeitura ainda não deu sinal de quando fará o primeiro pagamento às escolas.

E pior: segundo informações do colunista Leo Dias, de ‘O Dia’, o prefeito Marcelo Crivella já faltou a três reuniões marcadas para tratar do assunto. Sequer respondeu os motivos da ausência.

Crivella reduziu em 50% o valor pago pela gestão de Eduardo Paes, até 2016: de R$ 2 milhões para R$ 1 milhão.

Ainda segundo a nota de Leo, fontes da coluna do jornalista disseram que a primeira parte do pagamento pode ser de apenas R$ 600 mil, pagos apenas em fevereiro, a poucos dias do desfile.

Vale lembrar que as escolas saem na Sapucaí em 2 e 3 de março. Há quem duvide até que a Prefeitura faça os repasses acordados previamente, repetindo o que vem sendo feito com OSs e empresas que prestam serviços à cidade.