Quantidade de lixo eleitoral reduz drasticamente no Rio de Janeiro

A redução da quantidade de lixo durante o período eleitoral é de impressionar. Em 2014, foram recolhidos durante a campanha 350 toneladas pela cidade.

Durante a disputa deste ano, até aqui, foram recolhidos “apenas” 85 toneladas de material eleitoral. Queda superior a 400% na produção dos ‘santinhos’.

Os números ainda não são definitivos, já que haverá segundo turno na capital. Os dados foram apurados pelo jornal ‘Metro’.

Mesmo que as 85 mil toneladas dobrem no segundo turno – o que dificilmente acontecerá, já que há apenas quatro candidatos em disputa – a estatística sendo comemorada.

Em 2014, os garis demoraram até oito horas para limpar as ruas. Neste ano, foram necessárias duas horas de trabalhos na limpeza.

Além da conscientização da população, o impeditivo de doações por empresas e o foco em divulgação de campanha eleitoral pela internet (Redes Sociais e WhatsApp) são vistos como os grandes responsáveis pela menor quantidade de lixo produzida.