Incêndio no Museu Nacional e atentado a Bolsonaro são os assuntos da semana

O Drama no Museu Nacional

O início da noite do último domingo, 2 de setembro, comoveu a nação brasileira. Em especial, o povo carioca, que tem grande simpatia pelo acervo situado na Quinta da Boa Vista, na zona norte da cidade.

Viúvas? Nada disso!

Muito se engana quem acha que há viúvas do Museu Nacional, como disse o ministro Marum à imprensa na última segunda-feira, 3.

Primeiramente, porque o museu é um dos mais queridos pontos turísticos dos cariocas, especialmente do povo suburbano residente no Rio.

Segundo: diversos setores da imprensa local clamaram pelo péssimo estado em que se apresentavam as dependências do Museu Nacional.

Assistir jornais não é a praia do ministro.

Por outro lado…

Se muito se falou antecipadamente sobre a precariedade do museu, o mesmo não se aconteceu na cobertura ao vivo do incêndio na Quinta da Boa Vista.

A Globo, mesmo com o ‘Fantástico’ no ar, fez algumas entradas com tomadas aéreas, entretanto não se alongou no caso. A Record TV não mudou o seu ‘Domingo Espetacular’. O SBT sequer mencionou o assunto no domingo.

A Record News nem foi tão news assim. Preferiu exibir uma série (!!!) a mobilizar o grande jornalismo que tem no Rio.

Com exceção da Globo News, intocável na sua cobertura trazendo imagens do alto, dos bombeiros por baixo e com especialistas.

Bem lembrado

O jornalista Guilherme Beraldo fez uma importante lembrança em sua página: as emissoras abertas estão deixando para as TVs por assinatura fazer suas grandes coberturas jornalísticas. Triste realidade.

Outra cobertura

Quando muito se achava que o caso “Museu Nacional” tomaria a semana, eis que o atentado contra o deputado federal Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, parou a véspera de feriado na última quinta-feira, 6.

O candidato à presidência foi atingido por uma facada durante campanha nas ruas da cidade mineira e precisou ser operado às pressas.

Repercussão

O caso envolvendo Bolsonaro foi o mais comentado nas redes sociais durante o feriado. Na maioria dos comentários, críticas contra a ação e recordações de falas agressivas do candidato, com utensílios parecidos ao seu comportamento político.

Espaço

Apesar de ter 8 segundos na campanha e reclamar das críticas que recebe da imprensa, Jair Bolsonaro foi citado em todos os grandes veículos. Em todos, com críticas e repúdio ao ato. Tratamento rigorosamente dado à Marielle Franco, assassinada em março de 2018 e ainda sem solução.

Vem melhorando

Em plena recuperação, Bolsonaro já está apto a tirar fotos para as redes sociais. O habitual e polêmico gesto de armas segue na campanha.

Sabatina Governadores

Começa amanhã, 8, a rodada de entrevistas com candidatos ao governo do estado do Rio de Janeiro no RJ1. Anthony Garotinho será o primeiro convidado. Além dele,  Tarcísio Mota, Índio da Costa, Eduardo Paes e Romário estarão no jornalístico ao longo da semana.

MARAVILHOSO: A cobertura da GloboNews nos casos do Museu Nacional e Bolsonaro foram realizadas com muita eficiência. Trabalhos de apuração delicados e bem executados em tempo de fake news devem ser mais valorizados. A riqueza de detalhes, imagens e movimentação de repórteres foram de aplaudir de pé.

PARA QUE TÁ FEIO: A lentidão de Paulo, líder da equipe amarela no Masterchef da última terça-feira (4), irritou participantes, jurados e ao público. Atônito, não sabia o que fazer, não liderou e ainda colocou os amigos Willian e Daniel na prova de eliminação. Até para paciência demais há limite.