Com cargos diferentes na Globo, Bonner e Renata Vasconcellos recebem salários compatíveis com suas funções

O disse me disse nas redes sociais envolvendo a comparação feita por Jair Bolsonaro, presente ao JN na noite desta terça-feira (28), quanto aos salários dos âncoras do jornalístico é simples e fácil de ser explicado.

William Bonner e Renata Vasconcellos, apesar de possuírem a titularidade na apresentação do ‘Jornal Nacional’, possuem funções completamente diferentes dentro da Globo.

O ex-marido de Fátima Bernardes atua, desde 1996, como editor-chefe e possui o cargo de maior prestígio no jornalismo dentro da emissora. É homem de confiança de Carlos Henrique Schroder, diretor geral de jornalismo e esportes, e de Roberto Irineu Marinho, presidente das Organizações Globo.

Bonner decide o que vai e o que não vai ao ar nas noites do JN. Por tal função recebe aproximados R$ 700 mil mensais.

Já Renata, trabalha simultaneamente na bancada e como editora-executiva.

A apresentadora tem funções abaixo de Bonner e cuida, especialmente, de todas as pautas definidas para a exibição do jornal. Tem uma grande equipe ao seu lado auxiliando na formação de laudas que vão ao ar nas edições.

Seu contrato gira em torno de R$ 250 mil mensais, um dos mais altos do jornalismo brasileiro. Entre homens e mulheres, diga-se!

Para bom entendedor, pingo é letra e não há nada o que contestar.

Advertisement