Após atacar Sabrina Sato no Twitter, Britto Júnior tenta se explicar

A entrevista de Sabrina Sato a Rodrigo Faro no último fim de semana na Record TV não só mexeu com a programação televisiva, como também com as redes sociais.

Pelo Twitter, o apresentador Britto Júnior detonou a atitude da emissora em dar espaço à maternidade da japa: “Tudo por dinheiro! Nem que seja preciso passar vergonha e correr o risco de revelar ao público que não há neurônios na caixola”, disse em tom ofensivo.

Sabrina está grávida de uma menina, fruto do relacionamento com o ator Duda Nagle. O bate-papo, com direito à revelação do sexo do bebê, foi feita em duas etapas. A primeira em seu próprio programa, no sábado (5), e a segunda no ‘Hora do Faro’, no domingo (6). Todas mediadas por Rodrigo.

Na entrevista, o casal contou como têm sido os dias de internação. Há vinte dias em um hospital em São Paulo, a apresentadora precisou se afastar de casa para se dedicar 100% ao descanso. Tudo por conta de pequenas feridas na placenta. O repouso é necessário para que seja evitado um aborto espontâneo.

Alguns críticos de TV também destacaram a maneira como a Record transformou a gravidez em um reality show. Entretanto, o posicionamento hostil de Britto acabou arrancando os holofotes do público e da imprensa.

Na tarde desta segunda-feira, 7, Brito tentou explicar as intenções das postagens do fim de semana, classificando-a como uma crônica. Confira.

View this post on Instagram

Pensadores, gostei de ver que minha crônica causou polêmica, gerou manifestações diversas de centenas de pessoas. Uns concordam, outros discordam e agridem, como se tivessem procuração para defender seu ídolo, com a faca entre os dentes. Independentemente da intolerância e da falta de educação de alguns comentários, devo dizer que o artigo atingiu seu objetivo. E qual é este objetivo? Incentivar a reflexão sobre o assunto tratado: Os excessos cometidos na venda da imagem! Ponto. Não discuto se o artista A, B ou C é bom no que faz, se tem talento ou se, pelo contrário, é apenas fruto da mídia. Esse é outro assunto, que podemos discutir em outro artigo, futuramente. Devo esclarecer que não procurei julgar este ou aquele ator, atriz, apresentador ou apresentadora, de forma específica. Isso é coisa de fã e em nada me interessa. Criei este espaço que, brevemente, será ampliado para outras mídias, não para bajular e rasgar seda com este ou aquele político, autoridade, artista, jornalista e afins. A minha intenção é estimular a reflexão dos leitores! Tenho convicção de que é disso que a televisão, a publicidade, o meio político, todos os setores e os cidadãos deste país precisam neste momento. Umas cutucadas fazem bem, de vez em quando. Em vez da preguiça para pensar, devemos prestar atenção no tipo de sociedade que estamos cultivando. É neste ponto que quero dar minha contribuição. E podem ter certeza: Existem poucas pessoas realmente livres e dispostas a realizar este tipo de trabalho. Eu sou uma delas. É a partir desta premissa que minha carreira vai andar daqui pra frente. Doa a quem doer! O resto não passa de “mimimi”.

A post shared by Britto Jr (@brittojr) on