Sem Neymar, PSG x Real tem audiência no Rio inferior ao duelo de ida

Midiático e figura forte no cenário esportivo, Neymar é sim um fato preponderante em retorno de audiência.

Nesta terça-feira, 6, a TV Globo registrou, entre 16h45 e 18h40, média de 23 pontos de audiência no Rio de Janeiro, cinco a menos comparado ao confronto de ida, em 14 de fevereiro.

A ausência do craque brasileiro, contundido em partida pelo Campeonato Francês, não só o tirou do final da temporada como fez a audiência da Globo cair 18% aproximadamente, comparado ao jogo de ida.

No confronto em Madrid, o duelo entre Neymar e Cristiano Ronaldo rendeu à Globo média de 28 pontos de audiência, na faixa das 17h40 às 19h37. Números da região metropolitana fluminense.

Dois aspectos podem ajudar a entender a queda de público, além da ausência de Neymar.

O primeiro: o jogo de fevereiro ocorreu em uma quarta-feira de cinzas, meio feriado no Rio.

O segundo: com o fim do horário de verão, a transmissão do jogo de ida aconteceu uma hora mais tarde comparado ao jogo de volta.