BBB tem prova do líder confusa e contradição no “testamento”

A edição desta quinta-feira, 1, do BBB 18 foi recheada de polêmica.

Tiago Leifert abriu o programa mudando as regras do paredão bate-volta, onde, primeiramente, uma prova definiria o eliminado da semana.

Após muita reclamação do público, o apresentador anunciou mudanças nas regras. Porém, de forma confusa, ele explicou que o menos votado da semana irá para um quarto no alto da casa com regalias de imunidade e indicação ao paredão. Uma espécie de prêmio ao mais querido.

Entretanto, Leifert não deixou claro como será a retirada deste Brother. O blog supõe que seja aos moldes feito com Ana Paula, no BBB 15.

Mais tarde, veio a trapalhada maior: a explicação sobre as regras da prova do líder deixou muita gente confusa. Especialmente para quem estava em casa. Durante a disputa, o público pode entender melhor os caminhos da liderança, uma espécie de jogo da memória em grupo.

Este já é um ponto fraco do programa desde sua origem: explicar de forma eficiente as provas no ao vivo. Nas disputas gravadas, a situação é mais tranquila.

O poder do “testamento” dado a Lucas na eliminação de terça-feira não foi utilizado – ele beneficiou Jessica. O que causou muita estranheza ao público, já que, segundo consta, as provas do programa são previamente elaboradas.

Patrícia foi eleita a nova líder e Caruzo ganhou imunidade extra durante a prova.