Odilon Júnior fala sobre tratamento, retorno à Rádio Tupi e futebol carioca

Um dos principais nomes da nova geração do rádio esportivo carioca, Odilon Júnior surpreendeu a todos ao revelar essa semana que obteve alta após intenso tratamento contra um tumor na cabeça. O blog Audiência Carioca bateu um papo com o narrador da Super Rádio Tupi. Próximo de encarar sua terceira Copa do Mundo, ele falou sobre o tratamento, a expectativa de retomar os trabalhos, o que tem acompanhado do futebol e deixou uma mensagem de fé para quem vem enfrentando um problema parecido com o seu.

#Audiência: Odilon, a gente acompanhou o carinho do público em suas redes sociais durante todo o tratamento. Como foi esse período?

Odilon Júnior: Muitos ouvintes me perguntavam sobre meu estado de saúde e eu vinha reagindo bem ao tratamento, graças à força de muitos amigos e, acima de tudo, das orações dos ouvintes, amigos e, principalmente, a minha família. Tive muito apoio de amigos do trabalho e de amigos da Rádio Tupi que me valeram no momento em que mais precisei. Não vou cometer a injustiça de citar nominalmente as pessoas, porque posso me esquecer de um ou outro. Mas, eles foram sensacionais comigo. Desde a cirurgia, em 19 julho de 2017, tenho recebido muita força e até hoje me apego à devoção Mariana de Nossa Senhora Aparecida, que foi minha intercessora em todos os momentos. Um detalhe curioso é que neste período de julho até agora, o que mais recebi foram terços e em especial uma medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças.

#Audiência: Já há uma data de retorno para a Super Rádio Tupi?

Odilon Júnior: A previsão de retorno é em breve. Ainda não sei especificar a data.

#Audiência: Será que podemos esperar ouvir sua narração na Copa do Mundo da Rússia?

Odilon Júnior: O fato é que devo narrar a Copa também, assim espero. Mas antes de qualquer coisa, primeiro preciso voltar ao batente para depois fazer as projeções.

#Audiência: Durante esse período você conseguiu “desligar” do noticiário dos clubes do Rio?

Odilon Júnior: Tenho sim acompanhado.

#Audiência: E quais são suas expectativas para o futebol carioca em 2018?

Odilon Júnior: Destaco o Flamengo como clube que mais se reforçou para 2018. Ceifador e companhia terão a missão de corresponder em campo. A aposta em talentos da base será de fundamental para o time nesta temporada.

Vejo com preocupação o momento do Fluminense, que tem uma situação turbulenta dentro e fora de campo. O presidente Abad (Pedro) sendo questionado o tempo todo, enfim situações que o próprio clube criou como a perda do Scarpa para o Palmeiras, de uma maneira litigiosa entre clube e jogador. Isso não é nada bom para um início de ano. Destaque positivo foi a permanência do Abel e a chegada do Paulo Autuori no comando do futebol.

Já o Vasco fervilha na política com o Campello (Alexandre) se tornando o presidente com apoio em massa do conselho deliberativo, que pela primeira vez na história do clube, elegeu um presidente que não fosse o que as urnas indicaram. No campo, a Libertadores começou bem com os 4 a 0 no Concepción do Chile, mas considero que o time ainda precisa de reforços principalmente com a ida de Nenê para o São Paulo.

E o Botafogo é o que mais vem perdendo jogador. Por mais um ano seguido, a diretoria preferiu apostar em um técnico caseiro, após a saída de Jair Ventura. Assumiu seu auxiliar, Felipe Conceição e por enquanto na minha opinião é uma incógnita, assim como o time.

#Audiência: Você sempre foi muito transparente e informou aos seus seguidores sobre o tratamento que enfrentou. Qual a mensagem que você manda para quem está passando por um momento como esse?

Odilon Júnior: Que tenham fé em Deus, que acreditem em si mesmo e na força que vem de dentro. Jesus nos ensina que o caminho é o pai e ninguém vai ao pai senão por ele. Fé é o elemento número um e manter a tranquilidade. Não adianta desespero. Diz o ditado que depois da tempestade sempre vem a bonança. Acho que no meu caso, o pior já passou e por isso eu digo, confiem em vocês, no potencial de vencer obstáculos e siga em frente. Agradeça a Deus mais e peça menos. Pare de reclamar e murmurar, isso não adianta nada, lute até você conseguir bons resultados. Deus está no controle sempre.

Imagem: Reprodução Youtube